Erros Contábeis mais comuns cometidos pelas Empresas no Brasil

Sabemos que a rotina administrativa não é fácil e erros contábeis podem ocorrer nas melhores instituições. As empresas podem lidar com o cumprimento de diferentes tipos de obrigações contábeis diariamente.

Com o excesso de tarefas, é necessário que o representante da empresa esteja atento para não cometer erros. Além de impactar o fluxo de caixa, um erro profundo poderá criar a aplicação de multas e demais penalidades junto à Receita Federal e à fiscalização.

Neste artigo, selecionamos um com conteúdo com os principais erros contábeis cometidos pelas empresas. A maioria pode ser eliminada com estratégias simples e alterações na cultura organizacional.

Erros contábeis

Acertar é sempre importante na empresa. Sabemos que o empreendedor e os representante legal da instituição empresarial precisam conhecer todas as áreas relacionadas ao seu negócio, independentemente da sua familiaridade com as práticas do setor.

O setor da contabilidade, seja interno ou terceirizado, é uma área que não costuma receber muita atenção de empresários, devido à sua função burocrática.

Dessa forma, o empreendedor que não lida com essa área poderá cometer erros contábeis que se referem a desvios de condutas e de registros que criarão problemas e poderá prejudicar o negócio.

Acumular lançamentos e conciliações

Muitas empresas podem acumular dados, lançamentos de informações documentos de conciliações. Dessa forma, o ato de atualizar os lançamentos e conciliações é uma falha que acontece com frequência nas empresas.

Essa situação pode atrapalhar muito no desenvolvimento do negócio, pois sem esses dados o risco de tomar decisões erradas é grande por parte da direção da empresa, sem falar que em razão do fato de os relatórios e demonstrativos não refletirem a situação real da empresa no dia a dia.

Ausência de uma agenda tributária

A ausência de organização de uma agenda tributária pode ser crucial para o negócio.

Na empresa, temos sempre o responsável pelos pagamentos e cumprimento das obrigações de uma empresa, e essa função requer muita atenção, pois o grande volume de transações pode gerar certos tipos de confusões.

Quando falamos em tributos, por exemplo, os problemas gerados podem ser tanto trabalhistas quanto fiscais. O responsável não pode perder as datas dos recolhimentos dos impostos ou do envio das declarações.

É fundamental saber organizar uma agenda tributária e evitar que esses esquecimentos afetem o negócio. Uma alternativa é contar com um sistema de gestão.

Erros nos cálculos

Errar nos cálculos inseridos nos livros contábeis também pode gerar problemas. Sabemos que a tarefa de atualização de livros contábeis é uma prática que exige cuidado e paciência. Quando não há uma revisão dos valores lançados, as chances de problemas são ainda maiores na empresa.

Evite erros de digitação

Sabemos que os erros de digitação ou a falta de conferência das informações podem gerar uma série de outras falhas posteriores. Essas falhas podem gerar incoerência dos cálculos, causando danos irreparáveis.

Erro de digitação pode gerar nível de onerosidade pela necessidade de contratar profissionais para solucionar a questão que envolve os dados.

Organize os documentos fiscais

O ato de não manter documentos fiscais organizados também prejudica muito. Da mesma forma que é preciso manter as conciliações e lançamento em dia, os documentos contábeis também devem estar sempre organizados.

Os erros contábeis podem ser evitados nos pequenos detalhes, pois quando os números não batem, os arquivos certos podem contribuir para identificar onde está o erro.

Guarde os documentos

É muito importante guardar os documentos, lembramos que devem ser guardados pelo prazo mínimo de 5 anos, tendo em vista que servem como prova e validam os números nos demonstrativos financeiros.

Por outro lado, caso a Receita Federal solicite alguns desses arquivos e você não os tiver, a receita poderá considerar as deduções inválidas e aplicar multas e demais sanções pesadas.

As escriturações fiscais

Qualquer falha no processo de entrega das escriturações fiscais pode ser ruim. Falamos das escriturações fiscais, principalmente as relativas ao Sistema Público de Escrituração Digital (SPED).

Lembramos que esses documentos requerem atenção, como no preenchimento e na entrega de todos os documentos fiscais. Entre as falhas mais comuns estão: espaços em branco, valor incorreto, entre outros.

Em caso de erros contábeis o contador terá o trabalho de refazer as devidas retificações por cada documento.

Não misture os gastos pessoais com as despesas da empresa

Essa regra é válida em qualquer situação administrativa e contábil. Misturas gastos pessoais com os gastos das empresas é negativo na prática gestora e contábil.

Sabemos que confundir esses valores é um dos principais erros contábeis cometidos. Com o acúmulo de tarefas ou a falta de capital, a separação dessas quantias acaba não sendo feita.

Ainda mais o ato de cometer esse erro por longo período de tempo pode acarretar pesos à empresa como a falência.

Dessa forma, o responsável pelo negócio pode perder o controle das finanças pessoais e empresariais, impossibilitando projeções futuras para a empresa.

Não erre na emissão de notas fiscais

Quando falamos em erros contábeis, falamos também em erros do preenchimento dos campos de notas fiscais. Principalmente quando as notas fiscais são emitidas por pessoas que não têm tanta experiência. É necessário ter cuidado para que a empresa não pague impostos indevidamente.

Conclusão

Portanto, a emissão e o preenchimento de cada tipo de documento fiscal e de controle interno podem gerar erros contábeis. No dia a dia, por exemplo, o ato de não lançamentos e conciliações é um erro contábil frequente.

Na maioria dos casos, o erro pode ser cometido devido à desorganização ou à falta de tempo do empreendedor.

Para a empresa ficar um longo período sem realizar a atividade de modo positivo impactará negativamente a tomada de decisão, que deve ser realizada com os relatórios e demonstrativos financeiros atualizados.

Quando a empresa tem os dados desatualizados, ela pode estar no vermelho sem saber e poderá perder prazos de pagamento junto com fornecedores e governos. Isso dificulta, por exemplo, a compra de insumos e a obtenção de créditos no mercado.

A possibilidade de realizar cálculos errados aumenta. Nenhum profissional ou empresa está livre de cometer erros. Geralmente, a presença de cálculos falhos, informações desatualizadas, erros de digitação e falta de revisão das informações lançadas podem dar origem a diversas falhas e prejuízos.