Como Calcular o Capital Próprio de uma Empresa?

Como Calcular o Capital Próprio de uma Empresa?

Calcular o capital próprio de uma empresa é saber qual a real contribuição dos fundadores da entidade, que no futuro será complementado com lucros futuros. De modo geral, podemos dizer que são os recursos dos sócios ou do Patrimônio Líquido. Vamos falar um pouco mais sobre Capital Próprio aqui neste artigo.

Aprenda a calcular o capital próprio de uma empresa

A princípio, se pretende calcular o capital próprio de uma empresa, devemos realizar o seguinte cálculo, somente temos que dividir Patrimônio Líquido por Passivo Total. Uma empresa existe para gerar valor para si própria, para os clientes ou mesmo para os acionistas, e por isso, a mesma necessita de capital próprio ou de terceiros.

Ambos podem apresentar vantagens e desvantagens, dependendo do objetivo final da empresa. Ao decidir analisar uma empresa, é importante deixar claro que, existem alguns métodos que podem ser aplicados, como por exemplo:

Fluxo de caixa

Com o fluxo de caixa, podemos realizar projeções da entrada e da saída de recursos, para um período específico, dessa forma se torna possível executar planejamentos de curto, médio ou longo prazo, para que a empresa não tenha prejuízos futuros.

Custo de capital

Nesta etapa, podemos acrescentar capital próprio ou capital de terceiros, aqui, somos obrigados a entender o conceito de calcular o capital próprio de uma empresa. Quando escolhemos adequadamente a estrutura de capital da empresa, estamos fazendo com que a mesma tenha mais equilíbrio e boa oxigenação.

Toda empresa necessita de capital, independente se este é próprio ou de terceiros, afinal, qualquer organização possui contas fixas e variáveis que devem ser pagas pelo empresário, e por isso, o capital sempre vai estar em pauta nas empresas.

Quais as vantagens e desvantagens do capital próprio?

Ao optar usar o capital próprio para gerenciar sua organização, é fundamental saber que, o retorno dos lucros pode demorar um pouco, veja mais algumas vantagens e desvantagens a seguir, para poder calcular o capital próprio de uma empresa:

Vantagens

Quando é utilizado capital próprio, todo dinheiro que foi criado pelo fluxo de caixa, é destinado à expansão dos negócios, como por exemplo a compra de máquinas, contratar funcionários, etc. Existe mais dinheiro em caixa, e o risco de falência também diminui.

Desvantagens

Há uma considerável perda de autonomia, para tomar decisões, será necessário ouvir a opinião dos acionistas da empresa, e devido a isso, podem ter conflitos por conta das diferentes opiniões que cada acionista pode ter, dessa forma, fica mais fácil entender como calcular o capital próprio de uma empresa.

Escolher capital próprio ou de terceiros?

Uma empresa necessita de recursos para poder ampliar a área, seu portifólio de produtos, ou sua carteira de cliente, para isso, a companhia pode escolher por capital próprio ou de terceiros. Se o objetivo é maximizar os custos, a estruturação do capital deve ser bem feita.

Lembre-se que, a estrutura do capital pode determinar o sucesso ou o fracasso do negócio, se pretende optar por capital de terceiros é necessário responder aos seguintes questionamentos abaixo para não cometer erro, confira:

  • Qual a importância de ter controle absoluto de seu negócio?;
  • A previsibilidade é necessária para sua empresa?;
  • Pagar empréstimos todo mês, vai realmente funcionar para sua organização.

Ao responder estas perguntas, é necessário levar em consideração em qual nível que a empresa pretende crescer e em quanto tempo a mesma deseja obter retorno. É sempre bom lembrar que, o capital próprio faz com que a empresa perca sua autonomia, e ainda é necessário distribuir os lucros entre os investidores.

Ambos os lados, funcionam como engrenagens financeiras, e que para trazer lucros é preciso muita dedicação e trabalho, os gestores das empresas devem se conversar entre si para tomar a decisão que mais convém para a empresa neste momento.

Depois de entender os conceitos de como calcular o capital próprio de uma empresa, o processo de tomada de decisão torna-se mais simples, pois analisar as vantagens e desvantagens é parte dos negócios de qualquer companhia.

Uma empresa deve sempre levar em consideração suas despesas fixas, variáveis, e assim, poder analisar adequadamente seu balanço patrimonial, para então decidir por qual capital quer começar a expandir seu negócio.

Quais as desvantagens de escolher capital de terceiros?

Assim como o capital próprio, o capital de terceiros também pode ter desvantagens, por isso, é necessário tomar cuidado quanto ao tipo de capital que será escolhido, e com isso, calcular o capital próprio de uma empresa corretamente sem ter maiores prejuízos, veja abaixo quais são estas desvantagens:

Empréstimo mais os juros

Quando uma empresa opta por fazer um financiamento a longo prazo, esta deve ter ciência de que terá que pagar os juros, por isso, fique atento com seu orçamento, com suas despesas que já são fixas, e não se esqueça da regra dos 30% de comprometimento da renda total.

Dinheiro deve ser pago aos devedores

Se adquiriu dinheiro por meio de empréstimo, saiba que esta quantia estará comprometida, até que seja quitada toda a dívida. Leia atentamente o contrato antes de assinar, e nunca esqueça de conferir as taxas e os juros que serão cobrados.

Sua reputação pode apresentar alto risco

Se o seu investidor tem bom potencial, este irá considerar sua empresa de alto risco para o mercado financeiro, neste caso, fica mais complicado de encontrar investidores, principalmente, se por algum motivo a empresa não conseguir quitar a dívida.

Procure observar bem os balanços e relatórios de sua empresa, e veja se realmente a mesma possui condições de arcar com uma dívida de curto, médio ou longo prazo. Seu dinheiro sempre estará comprometido até o final da última parcela.

Conte com uma equipe especializada

conte com uma equipe especializada

Para calcular o capital próprio de uma empresa, de modo profissional e sem erros, o melhor a fazer é pedir auxílio de uma equipe de contadores, e que possui um sistema totalmente intuitivo e fácil de utilizar, e o melhor de tudo possui interação com as principais plataformas como a Receita Federal, por exemplo.

Nossa equipe é experiente, e todos os funcionários têm CRC, para dar ainda mais credibilidade ao seu trabalho, realizamos todos os processos de contabilidade, desde abertura de empresa até fechamento e declaração de imposto de renda, não cometa erros conte com o apoio de uma equipe que está há anos no mercado e já atendeu várias empresas.

Temos uma oportunidade única…

Se quer saber mais sobre como calcular o capital próprio de uma empresa, fale com nossa equipe de contadores, e conheça nosso sistema 100% online, com custo/benefício totalmente acessível para empresas de todos os tamanhos e segmentos.

Fale agora com o contador!